Entrevista com a banda Sacred Steel (Alemanha).


A título de curiosidade indique as 10 melhores e mais regulares bandas de qualquer gênero do rock pesado(em ordem de preferência) :
Top 10:
1. Saint Vitus/with Scott Reagers
2. Pentagram
3. Trouble/with Eric Wagner
4. Mercyful Fate/King Diamond
5. The Doors
6. Manilla Road
7. Manowar (antigo)
8. Bal-Sagoth
9. Black Sabbath/with Ozzy
10. Witchfinder General/with Zeeb Parkes
Resíduos Tóxicos - A banda apresentou-nos um grande trabalho em 2009 ("Victory Carnage"), que por sinal foi produzido pela própria banda, como foi o processo de produção deste álbum?

Sacred Steel - Obrigado por dizer que fizemos um bom trabalho com esse álbum! Eu ainda estou satisfeito com esse álbum. Na minha opinião, foi o nosso melhor álbum até à data, juntamente com "Slaughter Prophecy".
Tivemos um ótimo tempo no estúdio, na Baviera. E nós estivemos juntamente com o produtor muito bom.
Se eu lembrar corretamente tivemos duas semanas para a gravação completa naquela época. Os vocais me levou 3 dias para gravar.
O processo de trabalho completo foi bastante focada e exigente, mas também é bastante agradável e produtiva.
Resíduos Tóxicos - O Sacred Steel foi formada em 1996, e logo tinha um contrato com Metal Blade records, resultando na gravação de três álbuns ("Reborn in Steel" / 1997, "Wargods Of Metal" / 1998 e "Bloodlust" / 2000). Conte-nos um pouco sobre esta fase.
Sacred Steel - Foi um período muito emocionante em todas as nossas vidas! Especialmente começar em uma gravadora com a etiqueta Metal Blade à direita no início da nossa carreira. Nós nunca teríamos esperado isso!
Gravar o álbum de estreia "Reborn in Steel" (1997) foi um pouco estranho, porque não tínhamos ideia de como soaríamos no estúdio e o produtor estava mais ligado em “The Beatles” do que o metal. Assim, no final, o resultado foi mais de uma demo para nós, pois vendeu muito bem.
"Wargods Of Metal" (1998) foi a forma mais profissional em todos os níveis e trabalhar com uma lenda como Bill Metoyer foi realmente especial. Estávamos a disparar contra todos os canhões e toneladas vendidas de cópias em todo o mundo. Talvez o nosso lançamento mais sucesso comercial até agora. "Bloodlust" (2000) foi o capítulo final para o primeiro período da banda, um álbum forte, mas sem a agressividade dos dois primeiros registros.
Naturalmente que o álbum ainda é um interessante cartão de visitas e que tem hits importantes do nosso trabalho que temos sempre de tocar devido à demanda dos fãs.


Resíduos Tóxicos - Existem planos para um novo trabalho? Se sim, o que podem nos antecipar sobre isso?
Sacred Steel - Nós vamos gravar o álbum em fevereiro deste ano (2012). Será intitulado " The Bloodshed Summoning" e incluirá faixas como "Storm Of Fire 1916", "Journey Into Purgatory", " Under the Banner Of Blasphemy", " No God/No Religion". As músicas são muito diversas. Tem tudo de heavy metal includo! Desde o thrashe até músicas com cerca de 8 minutos de trilha sonora épica. Eu acho que ele pode superar até seu antecessor facilmente. Algumas das coisas que eu mais rotulo sobre esse novo trabalho é como escrevi algumas das mais fortes letras que eu escrevi até agora, mas a declaração de que esse novo album é o melhor de todos cada banda faz sobre o seu novo trabalho, haha.


Resíduos Tóxicos - A crise na economia global tem afetado grande parte da Europa e hoje estamos testemunhando uma crise grande do euro, e a Alemanha tem sido o pilar, juntamente com a França, da reestruturação da economia continetal.
Como tudo isso afeta o metal underground alemão?
Sacred Steel - Bem, isso tem um efeito sobre todos os que vivem nesta comunidade. Você não pode escapar desses problemas em qualquer que seja o ambito.
Eu não posso dizer o que isso significa algo apenas para o metal underground alemão pesado em geral.
Eu só posso dizer que eu realmente espero que todos esses obstáculos sejam vencidos e assim todos os conflitos serão resolvidos para que todos os países europeus possam se concentrar em trabalhar em conjunto e não brigar entre si!
Às vezes uma luta pode ser útil, mas há sempre deve ser um fim aos combates e as conversas devem ter espaço outra vez.

Resíduos Tóxicos - Gostaria de agradecer imensamente em nome de todo o pessoal dos resíduos perigosos é uma grande honra para nós, do Resíduos Tóxicos. Espero que tenham gostado!

Sacred Steel - Sim, com certeza. Foi um prazer. E desculpe pela demora em responder!
Mantenham vivo o espírito de faça por você mesmo no metal, apoiando o underground!
- Felicidades e tudo de melhor!
Em nome de Sacred Steel,
Gerrit Mutz

0 comentários: